Ano novo e o que eu farei de novo nesse ano? Pois de nada adianta querer um ano diferente e não fazer a diferença. Quais projetos eu tenho para esse ano?

É importante fazermos projetos, nos dá forças para correr atrás, e mesmo que os projetos de 2020 ficaram pendentes, vamos reelaborá-los para esse novo ano. Quais aprendizado 2020 me trouxe? Foi um ano muito difícil, mas em meio a dificuldade eu pude aprender? Passar mais tempo com a família? Reinventar formas de pagar as contas ou até mesmo fazer um curso que eu estava querendo há tempos e não tinha coragem de começar? Fiquei só em casa sem fazer nada maratonando série? Entretenimento também está valendo.

Para 2021 eu quero que você não desista de você, que você se conheça como ninguém, que acredite em você e no seu potencial.

Assim, trago alguns pontos para autoconhecimento:

  • Quais as minhas qualidades?

Devemos pensar nos nossos pontos fortes, pois muitas vezes tendemos somente a nós criticar quando fazemos coisas que não nos agradam. Com o hábito de reconhecermos nossas qualidades temos maior chance de acertarmos e menos chance de ficarmos deprimidos.

  • O que mais me incomoda atualmente e o que eu estou fazendo para mudar isso?

Muitas vezes não sabemos o que fazer com o que está nos preocupando, tendemos a repetir padrões já conhecido ou paralisamos diante da situação. É necessário estar atento às situações do cotidiano para conseguirmos ter o poder de mudá-las.

  • Quem eu posso contar nos momentos difíceis?

Ter uma rede de apoio é importante, e é muito bom para nós percebermos o quanto somos importantes para alguém. Procure enxergar quem está sempre ao seu lado, especialmente nos momentos difíceis.

  • Quais acontecimentos do passado ainda estão interferindo na minha vida atual?

Acontecimentos passados interferem direta e indiretamente nas nossas decisões e forma de ser de hoje, você ainda se encontra com pensamentos lá no passado? Não conseguimos prestar atenção nos acontecimentos do presente se “vivemos no passado”.

  • Eu tenho me perdoado?

Todos cometemos erros, aprendemos com eles e mudamos, você tem feito o exercício do perdão? Reconhecer os erros e tentar melhorar para não repetir é uma forma de seguir em frente.

  • O que eu tenho feito para melhorar minha qualidade de vida?

Precisamos estar atentos a saúde física e mental, porque somos inteiros e nosso corpo não estará bem se sua mente não estiver.

São pontos que devemos refletir de tempos em tempos.

Mas depois de passarmos por todos esses pontos você percebeu que precisa de ajuda? Tudo bem, na terapia você sentirá acolhimento, descobrirá novas qualidades, aprenderá a se ouvir e a se perdoar. Existem questões que por nós mesmo não conseguimos identificar, mas com ajuda de um profissional qualificado é como diz o ditado: a nossa ficha caí.

Permita-se conhecer melhor. Estamos juntos nessa!

Dyesere Diandra Candiago Zanotti

Psicóloga - CRP: 05/59775

Compartilhe!

Posts recentes

Vamos conversar?

Entre em contato – por WhatsApp

Newsletter